Blog
Qual o impacto da tecnologia disruptiva?
Assim como já falamos por aqui sobre a tecnologia disruptiva, o processo de disrupção vem com a proposta de interromper os padrões já pré-existentes, propondo diferentes e inovadoras soluções.
Ela veio ao mercado para proporcionar o surgimento de novos produtos e serviços, a fim de causar a ruptura dos padrões que já vêm sendo conduzidos por muito tempo.
Sendo assim, compreendemos que as novidades da tecnologia disruptiva, em um futuro não tão distante, serão aplicadas em diversos setores e segmentos de negócios e mercado de trabalho. Confira abaixo algumas áreas que detectamos serem foco desta tecnologia.

Economia
Com a chegada da tecnologia disruptiva, a economia começará, cada vez mais, a sentir as alterações que ela possibilita, como a tendência de que profissionais tenham, cada vez menos, relações únicas de trabalho, aumentando a Gig Economy, também conhecida como freelancer, que é a maneira como o mercado de trabalho vem se adequando a era digital, favorecendo trabalhos temporários ou secundários (também conhecidos como bicos).
O número de profissionais no mercado é grande e, sem vínculo empregatício, os mesmos contribuirão de maneira dupla com os negócios, fazendo que com a competitividade no mercado aumente e reduzindo custos com recursos humanos.

Mercado de trabalho
Com o grande uso dos robôs, inteligências artificiais e soluções tecnológicas para realizar a execução de processos básicos e automáticos, agora os profissionais
poderão, finalmente, se dedicar no desenvolvimento de estratégias, deixando o lado operacional para a tecnologia.
Consequentemente, novas mentes pensantes serão necessárias no mercado de trabalho, aumentando a demanda e vagas de emprego.

Atendimento ao cliente
Revolucionando a experiência digital e o relacionamento com o cliente, o agente digital é uma inteligência que veio para adequar as empresas e marcas aos novos
padrões de atendimento do consumidor da era digital, uma vez que este ainda sente o atendimento como um ponto negativo e tem isso como uma de suas principais
dores.

No contexto, é importante ter ciência de que a tecnologia disruptiva é um fenômeno ainda não tanto conhecido e compreendido por todos, pois pede por uma
compreensão ética e social entre a tecnologia e os cenários em que é inserida, para que seja compreendida em sua totalidade.
Hoje em dia existem diversas plataformas digitais que auxiliam a jornada de atendimento ao cliente e, a maior parte delas, consiste no uso dos agentes digitais, como a Trestto Tecnologia.

Com o compromisso de inovar o mercado de agentes digitais e promover a melhor experiência entre marcas e clientes, a Trestto conta com mais e 15 anos de experiência em Inovação Tecnológica.
Seus agentes digitais são capazes de integrar ações telefônicas com mensagens de voz ou texto, aumentando a produtividade da sua empresa, promovendo um único canal de gerenciamento de resultado e posicionando de maneira eficiente sua marca no mercado, criando, assim, experiências únicas e positivas entre o agente digital e seu cliente.
Com agentes ativos e receptivos, as interações são reais e utilizam a tecnologia de reconhecimento de voz com fluxos de diálogos humanizados e a união entre a
inteligência artificial e cognitiva.
Agora que você entendeu como a tecnologia disruptiva funciona e como ela afeta o futuro e o mercado de trabalho positivamente, não se esqueça de seguir a Trestto
Tecnologia e Inovação nas redes sociais, estamos te esperando por lá com muitas novidades sobre o mundo da tecnologia.

Por: Trestto Tecnologia e Inovação
Fotos/ Créditos: (caso use imagem ao publicar texto, citar o banco ou o fotógrafo)
O material poderá ser reproduzido, desde que citado a fonte.

Experimente também
outros assuntos.

Que bom ter você aqui, qual
seu nome?

Oi , tudo bem? Com quem você quer falar?

Legal! Qual seu e-mail?

E agora deixe o seu telefone que a equipe já está ansiosa para falar com você!

Muito obrigada, é sempre bom conversar com você. Quanto mais converso mais aprendo, até logo!