Blog
Tecnologia disruptiva: os agentes digitais
O futuro que os filmes dos anos 80 e 90 previram, com carros voadores e robôs desempenhando 100% das funções domésticas ainda não é realidade, mas não estamos mais muito longe disso!
A tecnologia se desenvolve com grande facilidade e rapidez hoje em dia e, cada vez mais, incorporamos em nossa rotina aparelhos que facilitam nossa vida.
É praticamente impossível lembrarmos de 10 anos atrás, quando ainda os smartphones estavam no início do seu desenvolvimento.
Hoje vivemos em meio a tantas novidades tecnológicas que, em sua maior parte, vêm para se consolidarem nos próximos anos como disruptivas, agregando melhorias em serviços que já existem, assim como citamos neste artigo.


Os agentes digitais
Assim como Martha Gabriel diz no livro Você, Eu e Os Robôs - Pequeno Manual do Mundo Digital (2017), vivemos hoje em um ecossistema tecnológico que evolui cada vez mais para a criação de plataformas com diferentes finalidades, mas que, ao invés de serem começadas do ponto zero, todas trazem novas estruturas para que serviços sejam aprimorados, trazendo soluções rápidas e personalizadas.
Esse movimento conhecido como disrupção, que vem com a proposta de de interromper um processo já determinado e remodelá-lo de maneira estratégica e com soluções inovadoras.
Uma das maiores inovações são os agentes digitais, que vieram para coletar e analisar informações.
Através da alta tecnologia, os agentes digitais conseguem conversar, coletar e analisar dados com uma precisão e velocidade praticamente inimaginável para os
padrões humanos, um aumento considerável na produtividade, que elimina o trabalho repetitivo, direcionando a equipe humana apenas trabalhos mais intelectuais que demandam maior raciocínio e sensibilidade.
Grandes marcas já estão se destacando e inovando, hoje a maioria das centrais de atendimento já contam com ajuda de Agentes Digitais para empoderar seu capital humano, revolucionando o atendimento com mais agilidade, assertividade e confiabilidade.
Se, recentemente, você ligou para um banco e, ao invés de escolher um número para tentar resolver o problema, você descreveu qual era a sua situação, você teve contato com um agente.
Revolucionando a experiência digital e o relacionamento com o cliente, o agente digital é uma inteligência que veio para adequar as empresas e marcas aos novos padrões de atendimento do consumidor da era digital que, como citamos anteriormente, ainda sente o atendimento como um ponto negativo e tem isso como uma de suas principais dores.

Hoje em dia existem diversas plataformas digitais que auxiliam a jornada de atendimento ao cliente e, a maior parte delas, consiste no uso dos agentes digitais, como a Trestto Tecnologia.
Com o compromisso de inovar o mercado de agentes digitais e promover a melhor experiência entre marcas e clientes, a Trestto conta com mais e 15 anos de experiência em Inovação Tecnológica.
Seus agentes digitais são capazes de integrar ações telefônicas com mensagens de voz ou texto, aumentando a produtividade da sua empresa, promovendo um único canal de gerenciamento de resultado e posicionando de maneira eficiente sua marca no mercado, criando, assim, experiências únicas e positivas entre o agente digital e seu cliente.
Com agentes ativos e receptivos, as interações são reais e utilizam a tecnologia de reconhecimento de voz com fluxos de diálogos humanizados e a união entre a inteligência artificial e cognitiva.


Por: Trestto Tecnologia e Inovação
Fotos/ Créditos: Envato
O material poderá ser reproduzido, desde que citado a fonte.

Experimente também
outros assuntos.

Que bom ter você aqui, qual
seu nome?

Oi , tudo bem? Com quem você quer falar?

Legal! Qual seu e-mail?

E agora deixe o seu telefone que a equipe já está ansiosa para falar com você!

Muito obrigada, é sempre bom conversar com você. Quanto mais converso mais aprendo, até logo!